carro

Materiais utilizados:

  • Balde;
  • Esponja;
  • Toalha Mágica;
  • Toalha de Microfibra;
  • Xampu Automotivo;
  • Cera Automotiva.

No balde, a água é misturada com xampu automotivo, não esqueça que a lavagem é feita sempre à sombra. O que não vale é só passar água com a mangueira de leve, faça pressão ou use uma máquina de jato pressurizado, se não pode ficar areia fina sobre a pintura, e na hora de passar a cera, corre-se o risco de algum grão remanescente acabar arranhando a lataria.

Após ter molhado todo o carro, lave-o com esponja e xampu automotivo misturados no balde, se o carro é de cor escura o aconselhável é ir enxaguando por parte, iniciando pelo teto, depois as laterais, frente e por fim a parte de trás.

Secagem
Comece secando o carro pelo teto, não esqueça de abrir as portas, capô e porta-malas para secar nos cantos. Não há segredo na hora de secar o carro, apenas fique atento para não esquecer de nenhuma parte, pois se houver partes molhadas na hora de passar a cera o carro não ficará com o brilho uniforme.

Cera
Existem ceras líquidas e em pasta, que devem ser passadas a mão, de modo uniforme. Quando o para-choque é preto (e não na cor do carro), o aconselhável é passar cera a base de carnaúba ou gel silicone, o mesmo usado no painel caso o proprietário queira. Embora mais caras, as ceras em pasta são melhores que as líquidas, além de mais eficazes, a melhor opção são as ceras com nível zero de abrasivos.

A aplicação é feita à sombra, com pequenas quantidades do produto e em movimentos circulares, preferencialmente por partes: passe na porta toda, e depois remova, antes de prosseguir ao capô, por exemplo. Se passar a cera no carro todo antes, depois pode ficar manchado. É preciso “lustrar” o carro após encerá-lo, o ideal é utilizar uma toalha de microfibra.

Interior
Se estiver no litoral não se pode deixar a areia entranhar no tecido do banco, porque se isso acontecer a limpeza ficará complicada. O ideal é aspirar os bancos para tirar bem os grãos – o mesmo vale para os carpetes.

Alguns usam capas para os assentos, como as feitas de neoprene, que são impermeáveis. Isso impede que o banco fique molhado – o que pode causar mau cheiro. Há modelos prontos nas lojas especializadas, mas o ideal é que as proteções sejam feitas sob medida, para ficarem mais justas e não desgastarem o tecido original.

Vidros
Por uma questão mais de segurança do que de higiene ou preservação, é de suma importância lavar bem os vidros antes de sair da casa de praia de volta para a cidade. A maresia que parece grudar no vidro dificulta a visibilidade do motorista. Além disso, quanto mais tempo se leve para limpá-la, mais difícil fica. Os vidros podem ser lavados com a mesma esponja e xampu do restante do veículo, ou usando o mesmo produto aplicado em janelas e afins.